Foi ele!

Só cheguei para ver o prolongamento, estavam todos de rastos a tentar correr atrás da bola, ainda vi um ou outro lance que até poderia ter dado golo, diz quem viu que todo o jogo foi assim…
Mas vieram os penalties e chegou a emoção. O nervoso miudinho que é sempre inevitável (nem que fosse um jogo da terceira divisão do Azerbeijão – o futebol é assim) apodera-se de todos e começa a marcação. Ao fim de dois penalties falhados quando já ninguém acreditava eles falham um e depois outro… e começa tudo de novo. E voltam a marcar até que ele, mesmo magoado num ombro, defendeu! E colocou-nos nas meias-finais do Campeonato do Mundo de Sub-20!

Leave a Reply