A vingança serve-se fria…

…mas neste caso chegou bem quente!
Eu sei que ontem disso mal do Verão e do seu calor infernal, mas vá lá, não era preciso castigarem-me assim tão severamente nem 24h depois e fazerem desabar sobre a cidade esta caloraça!
Já cheguei à faculdade melada, o meu pouco eu sólido que ainda resiste está prestes a dissolver-se no meu eu líquido. Ai.
É que com a sorte que eu tenho, no sábado à tarde, quando não tiver nada para fazer e me apetecer ir dar um mergulhozinho ao mar vou-me deparar com uns míseros 19 graus, céu nublado e vento.
Vá lá, senhores do tempo, eu portei-me bem todo o ano e não mereço uma vingança tão terrível. read more

Read more