Sobre a tão falada capa da Playboy…

…que nesta nova edição voltou a contratar alguém para não se despir. Depois da Rita Pereira, foi a Dânia Neto. 
Depois do sururu que foi por essa blogosfera fora após a não revelação da Rita Pereira, coisa que me deu muita vontade de rir, mas que resolvi não comentar, esta semana descubro esta frase maravilhosa:
“Ter uma Playboy sem mulhres nuas conhecidas é como abrir um franchise do McDonald’s e começar a vender peixe cozido com todos, porque é mais saudável, mais português e mais de acordo com a nossa cultura.”
(aqui)
E já me ri muito, não consigo imaginar uma comparação mais esclarecedora.
Priceless! read more

Read more