Era uma vez um dente do siso…

…que estava bem escondinho e enfiado no osso do maxilar. Que teve de ser tirado numa pequena cirurgia com todo o tipo de brocas e berbequins que possam imaginar. Que ainda por cima estava preso não sei bem onde e não queria sair. Que obrigou a uma anestesia daquelas que deixam tudo paralizado, até parte da garganta pelo que nem a saliva dá para engolir.
Estão a imaginar tudo? Ok, foi a minha manhã.
Agora estou a gelo e a dose cavalar de comprimidos, que ainda sinto a broca dentro da cabeça.
Diz que tenho de tirar o do outro lado também, não estou bem a ver como. read more

Read more

Barça pendurado pelos braços num balde de lixívia.

Sobre os acontecimentos futebolísticos de ontem à noite no Giuseppe Meazza tenho quatro coisas a dizer: – Só vi o resumo alargado porque me deu a preguiça de ir sozinha para o café e já me arrependi. – Acerca do primeiro golo: é bom saber que as coisas começam a mudar, e o mundo está a tornar-se um lugar melhor, em que um lance dúbio às vezes também é decidido contra o Barcelona. É bom ver as coisas mais equilibradas se bem que para isso ainda tinham que ser roubados à grande até ao fim da próxima época, pelo menos. – Acerca do segundo golo: bonito momento de futebol. – Para terminar não posso deixar de dizer que sempre que olho para aquela cor horrorosa de equipamento de futebol só consigo imaginar os jogadores vestidos de cor de laranja fluorescente e pendurados numa cordinha pelos braços, a serem mergulhados numa bacia de líxivia até à cintura. Depois saem assim. Que cor é aquela minha gente? Sobre a próxima mão em Camp Nou: – Está tudo a cantar vitória para o Milan, espero que estejam todos com a razão. Infelizmente não ficaria muito surpreendida com uma remontada histórica. Este Barcelona inspirado pode ganhar fácil, fácil por três a qualquer equipa do mundo.

Read more

Grândola Mania…

Parece que está na moda.

Antes isto que o Gangnam Style! Aqui fica o meu contributo, Zeca Afonso ao vivo no Coliseu. Grândola vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti ó cidade

Dentro de ti ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra de uma azinheira read more

Read more

Caros conterrâneos…

Podem candidatar-se já e receber sementes, galinhas ou porcos! No caso destes últimos têm, em contrapartida, de plantar um campo de cereais ou feijão.
Fácil!
Infelizmente lá em casa um porquinho não ia agradar muito à minha mãe… 🙂

Read more