Bratislava, roteiro e dicas práticas.

Aqui está o post mais útil do mundo da blogosfera sobre tudo o que precisam saber para dar um saltinho a Bratislava e voltar (caso estejam por perto). Como chegar à cidade: – De avião: Bratislava tem um pequeno aeroporto, principalmente servido por companhias low cost, a cerca de 10 km do centro da cidade. É um óptimo ponto de chegada para visitar a região, para malta que não nada em dinheiro (os outros vão para Viena). O aeroporto é servido por duas linhas de autocarro, o 96 e o 61. Fixem-se no 61, caso tenham como destino o centro da cidade – o 96 atravessa o rio e vai para a zona de Petrzalka. O destino final da linha 61 é a estação dos comboios (Hvlaná Stanica), apanhem este bus e saiam na paragem anterior – Námestie Franza Liszta – (normalmente há um painel de informação dentro do autocarro, se não tiver e sairem na última também não é grave – ver secção como chegar de comboio). Dali atravessam a passagem superior para peões e apanham do outro lado da rua, paragem SAV, a linha 83 ou 84 até Hodzovo Námestie, em frente ao Palácio Presidencial. A outra opção de aeroporto de acesso à cidade é Viena, desta vez para carteiras mais recheadas já que as companhias não low cost usam este aeroporto como base na região. É igualmente fácil chegar daqui até ao centro de Bratislava, apenas um pouco mais demorado. Existem imensos autocarros que saem do aeroporto de Viena directos ao centro de Bratislava, dificilmente terão de esperar mais do que 1h para apanhar o seguinte. As paragens de autocarros ficam mesmo à saída do terminal, vão esbarrar com elas, e para Bratislava partem todos da linha 4. Há duas companhias que fazem o percurso, a Blaguss (promete uma viagem de cerca de 45 minutos e pára debaixo da Ponte SNP (Novy Most) – junto ao rio e bem na entrada do centro histórico) e a Slovak Lines (em cerca de uma hora estarão na estação de autocarros de Bratislava – ver secção como chegar de autocarro). Ambas praticam preços semelhantes, por volta de 7 euros uma viagem simples e de 12 para ida/volta. – De comboio: Bratislava está ligada por comboio às principais cidades dos países envolventes. Já relatei (aqui) a viagem que fiz de comboio até à Polónia, mas podem ir até Berlim, Praga, Budapeste, onde quiserem. O percurso entre Viena e Bratislava dura cerca de 1h hora e há praticamente um comboio por hora para cada lado a todas as horas do dia, sai de Viena da Hauptbahnhof e se fizerem o percurso Viena-Bratislava-Viena no mesmo dia o bilhete de cerca de 15 euros ainda vos permite fazer duas viagens nos autocarros de Bratislava, óptimo para ir e voltar para o centro da cidade. Chegados lá só têm de apanhar a linha 93 até Hodzovo Námestie ou descer a rua até à paragem SAV e apanhar o 83 ou 84 tal como sugerido na secção anterior. – De autocarro: A estação de autocarro, de onde chegam a maioria dos autocarros que vêm de fora da cidade fica não muito longe do centro da cidade, se apanharem o trolley 208 ou 206 podem sair na mesma Námesti Hodzovo já referida nas secções anteriores. – De barco: O rio Danúbio passa bem no centro da cidade de Bratislava, tornando a chegada por rio (há diariamente várias companhias a fazer o percurso Viena – Bratislava – Budapeste, umas numa base de transporte de ligação entre cidades outras mais ao estilo cruzeiro) bastante atractiva. Existem também passeios de barco pelo Danúbio nas imediações da cidade que partem da mesma zona, por exemplo para o Castelo de Dévin. Roteiro base: Aqui fica uma sugestão de roteiro que pode ser feito num dia, ou em meio, depende da velocidade das vossas pernas e da calma com que visitarem ou não as várias igrejas e pequenos museus que vão encontrar ao longo do percurso. Começa pelo Palácio Presidencial da Hodzovo Námestie e segue até à Hurbanovo Námestie, de lá viram à direita até à zona de Kapucinska onde têm a primeira vista sobre a colina do castelo e onde podem atravessar a estrada para começar a subida até ao topo. Chegados ao cimo é possível visitar o castelo e tirar belas fotografias do Danúbio e das suas margens, é possível avistar a Áustria. Descendo pelo lado contrário até à base da Novy Most (ponte nova, subi ao topo da ponte à noite e rendeu algumas das fotos que podem ver aqui), podem passar em seguida pela Catedral de St. Martim, pelo jardim da Hviezdoslavovo Námestie – onde se encontra também a ópera antiga -, e voltar até junto ao rio. Depois de uma pequena caminhada ao longo do Danúbio voltam a ‘entrar’ na cidade até à Blue Church, uma igreja pequena mas original que justifica o pequeno desvio até lá. De regresso ao centro da cidade podem visitar o Palácio Primacial e a Câmara na praça por trás da praça principal (Hlavné Námestie) e terminar o dia sentados numa esplanada da animada rua que termina na Porta de São Miguel. Podem ver alguns deste locais aqui e aqui.
Passeios de meio dia a partir de Bratislava: – Dévin (aqui) – SchlossHof (aqui) – Red Stone Castle (aqui)

Read more