A Europa está a criar uma nova espécie de radical, o extremista ocidental.

O radical islâmico vê em cada ocidental um alvo a abater.O radical ocidental vê em cada refugiado um potencial terrorista.

O radical islâmico está preocupado com a contaminação de infiéis no mundo.
O radical ocidental está preocupado com a contaminação da sociedade europeia.

O radical islâmico acha que só o Islão pode salvar.
O radical ocidental acha que só a segurança nacional o pode proteger.

O radical islâmico mata para atingir o seu fim.
O radical ocidental deixa morrer.

Relembrem-me lá qual é a grande diferença entre estas duas espécies? É que eu começo a ter mais medo da segunda, essa sim contamina a Europa e está camuflada no meio de nós. read more

Read more

Pau.

Durante os dias passados em Lourdes, nos Pirinéus franceses, deu para aproveitar e dar umas voltinhas pelas redondezas, cidades não muito conhecidas, sem grandes atrativos turísticos, mas bastante interessantes, bem cuidadas e com segredos bem escondidos. Como foi o caso da cidade de Pau e do seu castelo, local de nascimento do rei Henri IV. Henri IV foi avô do famoso rei Louis XIV, e nasceu em Pau em 1553, na altura a capital do Reino de Navarra, do qual era o herdeiro e sem pretensões ao trono francês. No entanto a morte dos descendentes reais colocou-o na linha de sucessão e tornou-se em 1572 o primeiro rei francês da dinastia Bourbon. O castelo de Pau foi construído na idade média e serviu de base à corte de Navarra (Pau era a capital do Reino) durante o século XVI. Foi mais tarde usada como residência de férias por Napoleão e é classificado como monumento histórico desde 1840. Existem visitas guiadas ao interior do palácio, que duram cerca de 1h. Fica no centro da cidade, pelo que facilmente podem conjugar a visita com um passeio pelas ruas mais antigas da cidade. Podem passar por lá um agradável meio dia de viagem.

Read more