Colonia del Sacramento, portuguesa com certeza.


As bienvenidas ao Uruguai não podiam ter corrido melhor, não graças ao São Pedro que ‘atrapalhou’ quase toda a viagem, mas graças à fofura da vila de Colonia del Sacramento.
Como podem ver no mapa abaixo, o barco deixou-me no terminal da Buquebus e uma curta caminhada pela rua Manuel Lobo trouxe-me ao centro histórico, onde a Plaza Mayor, a Catedral, a famosa Calle de los Suspiros e o Museo Portugues mantém viva a história da primeira colónia portuguesa em território Uruguaio.

Colonia foi fundada em 1680 por Manuel Lobo, a mando da Coroa Portuguesa, pelo sua posição estratégica na Foz do Rio de la Plata. Situada no meio do território comandado pela Espanha, e em concorrência comercial directa com Buenos Aires, foi atacada várias vezes pelos Espanhóis, vários tratados foram assinados que previram a devolução à Coroa Espanhola, mas nenhum foi concretizado, e Colonia saiu oficialmente da jurisdição portuguesa apenas aquando da independência do Brasil em 1822. Apesar disso, os Espanhóis passaram também muitos anos por lá, entre conquistas e reconquistas, e a sua influência é também notória.
Colónia, tal como toda a República oriental do Uruguai, tornaram-se independentes em 1828.
Depois de uma manhã pelas ruas coloniais da vila, já encantada pelo Uruguai, hora de fazer-me de novo ao caminho, desta vez em vez do barco voltei até ao Terminal de Autocarros para seguir em direcção à capital, Montevideo.
Não é posível comprar estes bilhetes online e com antecedência, como os do barco, mas chegando ao Terminal, vão deparar-se logo com os guichets de três companhias que fazem o trajecto e têm afixados os horários dos autocarros (directos ou não). Existem vários por hora, com preços semelhantes, escolhem o horário mais adequado e sigam viagem…
Não me perguntem se a paisagem pelo caminho era bonita, porque o autocarro era óptimo, com uma poltrona quase semi-cama, ia quase vazio, continuava a chover lá fora… Que dormi todas as três horas até Montevideo!

Planeia a tua viagem!

Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo.
São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada!
- Faz as tuas reservas de alojamento em Booking.com
- Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide
- Pede já o teu cartão Revolut sem custos, e fica isento de taxas e comissões em pagamentos e levantamentos de dinheiros noutras moedas
- Faz o teu Seguro de Viagem antes de partir, oferecemos 5% de deconto através da IATI Seguros


Qualquer dúvida, manda-me um e-mail e posso ajudar no que precisares.
*Esta publicação contém links afiliados

  1. Sara

    April 26, 2016 at 6:09 pm

    Não cheguei a conhecer o Uruguai e parece que perdi bastante! Também não me lembrava que Portugal teve uma colónia lá. Deve ter sido uma viagem bastante interessante.

  2. IM (misspipetaseviagens)

    April 27, 2016 at 10:56 am

    Foi, sem dúvida. Montevideo tem um ar mais praiano e como fui no Inverno não usufrui tanto da cidade (vem post aí) mas Colonia tocou-me no coração, ahah.

Leave a Reply