As ilhas na Ria.

Ilhas Cíes – Ría de Vigo – estive por lá há já tantos anos que parece ter sido noutra vida (13 ou 14), e fotografias não tenho nenhumas para vos mostrar, mas posso dizer-vos que os barcos saem do Porto de Vigo numa viagem que cerca de 45 min e que estas serão as mais selvagens de todas as ilhas que conheci. Como infraestrutura tem apenas um restaurante/bar e um parque de campismo e passei por lá o fim-de-semana mais contacto com a Natureza de sempre, coisa que nos dias que correm não me atrai lá muito. Mas a beleza natural vale muito a pena. As duas ilhas principais são conectadas apenas por uma ponte e uma língua de areia, no lado virado à Ría, e o lado virado ao mar é uma escarpa gigante com trilhos para observar aves.  imagem sacada algures do maravilhoso mundo da internet Ilha de Ons – Ría de Pontevedra – Esta ilha, visitei no ano passado e apesar de já estar muito mais ocupada o que pode ser uma desvantagem para quem procura o contacto com a Natureza, também é uma vantagem se procuram um fim-de-semana de praia um pouco mais confortável. Aqui há cafés, restaurantes e camas onde passarem uns dias. Não explorei as trilhas porque estive apenas umas horas por lá mas existem vários percursos aconselhados para conhecer a parte mais selvagem da ilha. Ao contrário das Cíes que tem uma única praia mas imensa, a Ilha de Ons tem várias prainhas maiores ou mais pequenas no lado virado à Ría. Os barcos saem do porto de Portonovo, perto de Sanxenxo. Illa de la Toja – A terceira ilha que já mereceu visita da minha parte foi a Illa de la Toja (A Toxa em galego), que fica tão pertinho de O Grove que está ligada por uma ponte, não precisam de apanhar barco. Esta ilha foi um balneário importante e fancy e se passearem por lá vão encontrar bastantes casas bem catitas e pequenos palacetes. Associado às termas que ainda estão em funcionamento existe uma conhecida fábrica de sabonetes com museu e loja aberta ao público, para além disso a maior atracção da ilha é a sua igreja toda forrada a conchas que permite umas fotos bem originais.  

Read more