Machu Picchu… what else?

Já vou contei aqui:Machu Picchu, dicas práticas.todos os planos que tínhamos para a nossa ida até às ruínas Incas de Machu Picchu. E depois também contei por aqui:Aquilo que não é suposto acontecero drama que foi reformular toda a programação devido ao atraso do voo que nos iria trazer de La Paz até Cusco.Entretanto também vos mostrei o que conhecemos pelo caminho, um pouco de Ollantaytambo já de noite:Ollantaytamboe a base de exploração de Machu Picchu, Águas Calientes:Águas CalientesPortanto, neste momento a única coisa que falta é mesmo o sítio arqueológico propriamente dito, já viram um vídeo aqui:Machu Picchu no Youtube!mas ainda não saiu post com as milhares de fotografias que tirei.Há pouca coisa que possa dizer aqui que não seja um pouco clichê. Que esta era a viagem de uma vida, de sonho e blábláblá… E que cumpriu tudo o que estávamos à espera. As palavras ficam um pouco curtas quando damos de cara pela primeira vez com a cidade Inca e é mais ou menos impressionante como uma civilização, teoricamente tão menos avançada que a nossa foi construir uma cidade daqueles num fim de mundo jeitoso – tão recôndito que demoramos séculos até dar com ela.Está tudo extremamente bem conservado, e é possível ainda hoje perceber as diferentes zonas de organização da cidade, templos, zona habitacional, zonas agrícolas – a maior riqueza dos Incas. Para ficarem com uma ideia melhor acerca destes pormenores é importante que tenham um guia, que vos vai levar aos ponto mais importantes e explicar a organização da cidade. Se a ideia for só ficarem deslumbrados, podem ir por vossa conta, a paisagem dá conta do recado sozinha. A agência que contratámos, e que nos salvoua viagem foi:Andean Adventures Perusales@andeanadventuresperu.com

Read more