Resumo de 2016… as viagens!

Em resumo, e olhando para trás, este ano de 2016 foi bastante proveitoso em termos de viagens. Conheci três países novos (2,5…?) – o Perú, a Bolívia e a Irlanda do Norte. Fiz cinco viagens de lazer – Bélgica e Holanda, Paris, Perú e Bolívia, Baviera e Salzburgo e Irlandas, e mais umas quantas por Portugal, Espanha a trabalho. Ou seja, o balanço foi bastante positivo.Mas vamos lá aos detalhes…O primeiro destino do ano foi caseiro, um fim de semana no Gerês deu para abrir o apetite e redescobrir a região numa época do ano menos habitual, felizmente o tempo esteve óptimo e deu para aproveitar ao máximo a viagem.

Logo depois da Páscoa, no fim-de-semana prolongado do 25 de Abril, rumei à Bélgica e à Holanda, para um roteiro que incluia os campos de tulipas, aproveitando que a minha irmã estava a viver em Roterdão na altura.

A Primavera ainda permitiu ir duas vezes até à Galiza, que nunca desilude, ao Douro – no encalço das cerejas de Resende -, e voltar um ano mais às Astúrias e Cantábria, para desta vez conseguir mesmo subir aos Picos da Europa e vir de lá encantada.

No final de Junho, um fim-de-semana em Paris na #missãoEuro2016, levou-me ao Parque dos Príncipes para assistir ao Portugal-Áustria, e nunca mais esquecer que vi jogar os nossos Campeões da Europa (me belisca, vai?)
Em Agosto chegou a viagem mais aguardada do ano, a grande viagem, que pelo segundo ano consecutivo – quem ama, volta – me levou até à América do Sul. Desta vez o destino escolhido foi a Bolívia, que surpreendeu e encantou pela genuinidade das suas gentes e pela beleza estonteantes das suas paisagens naturais, e o Perú, que dispensa muitas apresentações, mas que não desilude de maneira nenhuma. O Machu Picchu é tudo aquilo que imaginam e mais além. read more

Read more