A comemoração dos 60 anos da CEE e o Brexit | Bruxelas

A União Europeia tem estada debaixo dos holofotes há que tempos e esta semana que começou a a celebração da assinatura do Tratado de Roma tem hoje um momento muito importante (e triste!) com a activação do famoso artigo 50º pela Inglaterra. Vem aí o Brexit, e num tempo em que cada vez deveríamos estar mais unidos, descobrimos que há quem queira seguir um caminho diferente, esperemos que pelo menos se mantenham lado a lado.
Já foi há quatro anos que estive em Bruxelas e visitei o Parlamento Europeu, foi o ano em que recebemos o Nobel da Paz e havia alusões a isso em todo o lado. Acho que foi uma ideia interessante do comité Nobel, numa altura em que a UE já começava a dar sinais de não estar muito bem, tentar lembrar-nos do bem mais precioso que conseguimos juntos, a paz na Europa.
Essa foi a maior conquista dos últimos sessenta anos, mas há tantas outras (liberdade de circulação, estado social, ou até as dezenas de auto-estradas que temos à nossa volta) que nos fazem lembrar todos os dias como somos uns privilegiados.
Sou uma europeísta convicta, a Europa tem em mãos diversas questões como a crise económica e financeira ou a crise dos refugiados para solucionar no futuro e não tenho certezas de nada, nem de qual o caminho que devemos percorrer daqui para a frente, mas estou segura que devemos fazê-lo juntos. E como sou uma optimista convicta também, e acredito que com mais ou menos tropeços o mundo tende a caminhar para a frente e não para trás, espero que este seja o momento do recomeço e da reinvenção, e não o princípio do fim que muitos agoiram.

Deixo-vos com as fotografias da visita que fiz ao ao museu do Parlamento, em Bruxelas, uma boa sugestão caso estejam na capital belga, podem ver mais detalhes sobre as visitas aqui!

        
        

Leave a Reply