Bairro da Vitória | Porto

Um pouco fora dos roteiros mais turísticos, a zona da Vitória, no centro do Porto, pode passar despercebida aos olhos menos atentos mas tem muita história para contar e um ambiente ainda muito típico, com alma portuense.  A sua principal rua – de São Bento da Vitória – começa na lateral da cadeia da relação, onde está instalado o Centro Português de Fotografia, e acaba no Miradouro da Vitória, de onde saem umas escadinhas simpáticas e super fotogénicas que nos levam até à rua na zona superior do Mercado Ferreira Borges e do Palácio da Bolsa, que já tiveram direito a post aqui no blogue. =&0=& Palácio da Bolsa – Associação Comercial do Porto =&2=& Durante o séc XV esta foi a principal artéria da Judiaria Nova do Olival, criada em 1386 por D. João I e que se manteve até 1496 – ano em que D. Manuel I, por pressão dos sogros, os Reis Católicos, decretou um prazo para que todos os judeus em Portugal se convertessem ao cristianismo ou abandonassem o país. Esta zona estava inserida na periferia da cidade e passava por aqui parte da muralha Fernandina, bem como uma das portas da cidade, a Porta do Olival. Hoje em dia é uma zona super típica da cidade de vielas estreitas e sombrias, com os seus estendais de roupa a secar, sotaque do norte bem carregado e tascas onde senhoras servem vinho a copo e cerveja ao balcão e homens jogam às cartas.  Do Miradouro da Vitória é possível ter uma vista fabulosa para a cidade, sugiro que o visitem em breve, já que fica em terreno privado que consta foi comprado para fazer um hotel e em breve poderá ser privilégio apenas dos seus hóspedes.            

Read more