feel alive ’17

A razão que me levou a Lisboa no último fim-de-semana foi o concerto dos Depeche Mode no festival NOS Alive no Passeio Marítimo de Algés. Não que seja a maior fã de sempre do grupo, das que colecionam álbuns e posters, mas gosto, conheço os clássicos e sempre ouvi dizer que davam um bom espetáculo – e eu adoro um bom concerto – e por uma razão ou por outra, apesar de já terem estado várias vezes em Portugal, ainda não tinha conseguido vê-los. Este foi o ano e portanto lá me pus a caminho.

Cheguei ao recinto já por volta da hora de jantar, que eu já não tenho energia para passar um dia inteiro a curtir festivais, e o ambiente estava óptimo, gosto do espaço, está cada ano mais giro e agrada-me taaaanto não haver terra e poeira. 
No palco principal já estava no final da atuação Kodaline e portanto fui fazer o reconhecimento do terreno e tirei as fotos que vos mostro hoje. Os palcos secundários estavam animados, ambiente porreiro no clubbing, o palco Heineken já a arrebentar pelas costuras – como no resto da noite – e muito de comer e beber que a gente não gosta de passar fome (nem sede!). Impressionante a quantidade de estrangeiros que se viam por lá. Deviam ser os únicos a achar que 4 euros era barato para meio litro de cerveja.
Os Imagine Dragons deram um óptimo concerto, apesar de eu achar que nem conhecia, têm uma série de hits mais comerciais que conhecemos todos e animaram e muito o palco principal. Foi um óptimo aquecimento. Quando finalmente chegaram os Depeche o público já estava todo prontinho para a festa.
Achei o concerto fixe, tocaram os clássicos que todos queríamos ouvir e os tipos são bons, sinceramente já tinha ouvido tão bem que esperava um pouco mais da interação com o público. Mas foi um balanço bem positivo.
No fim ainda houve tempo para descansar as pernas ao som do palco Heineken, porque eu já não vou para nova e já me estava a custar continuar de pé, antes de enfrentar as multidões que abandonavam o espaço e subiam o IC17 para conseguir chegar a Algés. Estava um pandemónio de gente e filas cá fora, mas esta que vos escreve conseguiu reservar um Uber com antecedência e só teve tempo de entrar no McDonalds para comprar e comer umas batatinhas fritas – que sabem pela vida às duas da manhã – antes de chegar o carro para me levar de volta a casa. Mas a experiência Uber fica para outro post.
Para a semana há mais um concerto – Sting no MEO Marés Vivas.

     
Planeia a tua viagem!

Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo.
São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada!

  • Reservas de alojamento em Booking.com
  • Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide

Qualquer dúvida, manda-me um mail e posso ajudar no que precisares.

*Esta publicação contém links afiliados

Leave a Reply

Planeia a tua viagem! Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo. São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada! - Reservas de alojamento em Booking.com - Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide Qualquer dúvida, manda-me um mail e posso ajudar no que precisares.