Wat Phnom | Phnom Penh

A primeira paragem do nosso tour em Phnom Penh, a capital do Cambodja, foi no Pagode de Phnom. Estávamos ainda meio atordoados com tantos dias de viagem – era terça feira antes do almoço, tínhamos partido de Portugal no sábado de manhã cedo e era a primeira coisa que íamos visitar – e portanto ainda a sair daquele torpor de viagem, mas foi uma boa maneira de começar a entrar no espírito cambodjano.

Ao contrário das nossas igrejas e catedrais, os templos budistas são construção bem mais pequenas e com vida. Apesar da arquitetura também singular, com aqueles telhados “arrebitados” são normalmente edifícios pequenos com muita informação visual. Há sempre chãos, paredes e tectos pintados, centenas de pequenas estátuas, comida para oferentes, velas e flores. Tudo num caos apenas aparente, com uma organização desorganizada.

A sensação que dá é que enquanto nos nossos templos católicos parece que sentimos o silêncio e o peso do edifício em cima de nós, estes são descomplicados, agradáveis e simpáticos, não só com os crentes mas também com os visitantes. Encontramos pessoas as tocar no seu interior, crentes mais ou menos devotos e muita agitação nas imediações onde há sempre quem venda alguma coisa. As mil e uma estátuas que surgem em qualquer altar são o elemento mais fotogénico.

wat phnom, phnom penh, cambodja wat phnom, phnom penh, cambodja wat phnom, phnom penh, cambodja wat phnom, phnom penh, cambodja wat phnom, phnom penh, cambodja wat phnom, phnom penh, cambodja

Leave a Reply