O que visitar no Liechtenstein?

Antes que o Verão chegue em força (não sei se acredito!) deixem-me contar-vos os últimos detalhes da minha viagem de Inverno de 2017, que passou por Zurique e também pelo Liechtenstein.  Este poderia ser um post express porque o Liechtenstein tem praticamente zero o que ver. Mas já que fui lá colocar a bandeirinha, não deixei de perder a oportunidade de o explorar durante umas poucas horas. E pelo menos as vistas para as montanhas são bonitas. Ora vejam lá:

Contei-vos já como podem chegar até lá vindos de Zurique, foi o que nós fizemos, e o autocarro deixo-nos bem no centro da cidade por volta das 11h da manhã de um sábado. Não se intimidem por não perceber que estão no centro – não é nada óbvio – mas é o que há, e a primeira coisa que fizemos foi entrar no turismo (sobem umas escadas por detrás da paragem de bus e estão lá) e perceber o que poderíamos fazer. Acabámos por:

  • Explorar o centro da cidade, onde fica o parlamento, a rua comercial, o museu e… é isso. O mais incrível é que não havia pessoas nas ruas. Estava tudo meio deserto, fechado, na base do domingo de manhã depois da noitada. Até para encontrar um café onde comer qualquer coisa tivemos dificuldade. Mas sobrevivemos.

  • Subir até ao castelo, ainda hoje residência oficial do príncipe e da família real. Por esse motivo não é possível visitar o interior do castelo, mas a vista para a cidade e montanhas adjacentes é bem bonita e vale a pena o passeio. As duas únicas formas de chegar até lá são, de carro ou a pé. Como chegamos ao Liechtenstein de transportes públicos já devem ter percebido qual foi a nossa única opção. Deu para aquecer pelo menos, e foi o que mais valeu a pena no dia.

(+) Como chegar ao Liechtenstein a partir de Zurique

Leave a Reply