O restaurante estrela Michelin mais barato do mundo | Singapura

Há duas características que eu possuo enquanto viajante e que penso serem comuns a muita gente. São elas: Gostar de comer e ser pelintra. Isto aplica-se não só às viagens em particular mas à vida no geral. Uma pessoa fica com as papilas gustativas aos saltos só de imaginar um novo petisco, mas tem muita dificuldade em abrir os cordões à bolsa. Principalmente quando se tratam de chefs renomados e restaurantes fancy. O mais normal é acabar no tasco onde os petiscos também estão à altura das expectativas e não destruímos o orçamento do mês. Em Singapura têm o melhor de dois mundos, a opção de testarem um chef estrela Michelin por uns meros 5 dólares a refeição.

Quando começam a pesquisar sobre Singapura saltam à vista os posts noutros blogues sobre este restaurante. E se andarem atentos aos programas de experiências culinárias na tv certamente também já ouviram falar do Soya Sauce Chicken Rice and Noodles do Restaurante Lian Fan Hawker Chan em Singapura.

Este frango com molho de soja servido com arroz ou noodles começou por ser prato quase exclusivo de uma banca de mercado no China Town de Singapura, mas desde que lhe atribuíram a estrela Michelin já abriu uma lojinha na rua adjacente (Smith Street) onde conseguem comer sentados, mas ainda num perfil fast food. Mas o ambiente não interessa nada, e as filas à porta multiplicam-se, até porque uma refeição completa dificilmente ultrapassa os 5 dólares.

A primeira coisa que fizemos no dia em que chegamos a Singapura, depois de deixar as malas no hotel foi ir até lá e verificar que a fila estava modesta, portanto era a altura certa para atacar. Pedimos o prato de arroz e o de noodles para testar e não sei se era só da fome mas realmente o molho e o tempero da carne eram óptimos.
O único senão que tenho a apontar é que o meu prato não estava muito quente, mas tendo em conta que a comida era despachada mal saía, tal a afluência de pessoal, e nunca tinha tempo de ficar “à espera” não percebi se seria mesmo assim… hábitos culinários asiáticos, para quem vive a 40 graus é capaz de ser boa ideia. Eu prefiro a comida mais quentinha 🙂

Conclusão: Não percam a oportunidade, não é todos os dias que provam uma especialidade assinada por chef estrela Michelin.

Leave a Reply