As leituras de 2022

A meta era de 1 livro por mês, mínimo.
Não foi atingida em pleno. Li 10 livros completos, tenho em conta que comecei outros 5, quase completam os dois que faltam em versão batota. Mas vamos assumir o fracasso. 12 meses, 10 livros. Mantemos o objetivo para 2023. Espreitem abaixo os detalhes das minhas leituras de 2022.

(1) Começamos o ano a viajar sem sair do sofá, o relato da viagem do Gonçalo que começou na África do Sul, e terminou em Marrocos, por estrada, desbravando África, aventuras do início ao fim
(2) Depois de “O tempo entre costuras” que também teve direito a uma série, Sira Quiroga está de volta pela mão de Maria Dueñas, o meu registo empolgante com o século XX como pano de fundo. O meu registo de eleição.
(3) Andei alguns meses para conseguir aceder ao filme sobre a vida da Snu que saiu há uns anos, a história já me fascinava, fiquei ainda mais curiosa, e entretanto descobri este livro. Gostei imenso.

(4) Crónicas de viagem são sempre uma excelente opção, para mim pelo menos, ajudam a manter a minha própria lista de desejos atualizada.
(5) Livro interessante, menos romance histórico que me habituei na autora mais romance e viagem na história das personagens. Leitura motivadora.
(6) Decidi-me a comprar este livro na versão original (em espanhol) aliciada pelo preço, significativamente inferior. Foi uma ótima aposta. Pretendo continuar com esta investida. A história interessante, um registo diferente do que já tinha lido da autora. Cativante com o avançar da história.

(7) Estava com a biografia da Michelle em fila de espera ainda antes de ter lido a do Obama, no ano passado. Acabei por conseguir fazê-lo e gostei imenso. Leitura nada pesada, um percurso de vida muito interessante.
(8) O clássico dos romances históricos, os pais da Ínclita Geração, uma viagem à história de Portugal. Nota importante: que capa sem jeito.
(9) À procura de um livro para me entretar no pós-Verão, cruzei-me com este romance sobre a vida da filha do último diretor da PIDE e achei a proposta interessante, na mesma semana descubro que a RTP está a lançar uma nova série sobre a personagem, Cuba Livre. Uma história que desconhecia por completo, uma leitura agradável.
(10) O eterno confronto entre o mundo árabe e o mundo ocidental. Um jovem libanês que perde os pais às mãos da Mossad e se radicaliza depois de viver em Paris. Um jovem francês de ascendencia judaica que volta a Israel e depois de colaborar na mesma operação, se torna objetor de consciência. Um desfecho imprevisível no elo de ligação entre as duas personagens.

Foram as minhas leituras de 2022, e as vossas, deixem sugestões para 2023 nos comentários e contem-me que livros leram este ano. Preciso de ideias para cumprir a meta em 2023.

(+) Leituras de 2021

(+) Leituras de 2020

(+) Leituras de 2019

Planeia a tua viagem!

Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo.
São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada!

- Faz as tuas reservas de alojamento em Booking.com
- Faz as tuas reservas de automóveis em DiscoverCars

- Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide
- Faz o teu Seguro de Viagem antes de partir, oferecemos 5% de deconto através da IATI Seguros


Qualquer dúvida, manda-me um e-mail e posso ajudar no que precisares.
*Esta publicação contém links afiliados

Leave a Reply