O outro lado de Agra.

Apesar de Agra ser o Taj Mahal, e grande parte dos turistas visitar a cidade só com o objectivo de conhecer uma das maravilhas do mundo, existem outros pontos de interesse que merecem algum tempo a mais na cidade.No nosso programa estava previsto visitarmos, no dia após a chegada (dia em que voltaríamos também a Déli), o Forte de Agra, o baby Taj (tumba de I’timād-ud-Daulah) e Sikandra (tumba de Akbar, o Grande). Acontece que nesse dia acordei ‘à morte’, mal conseguindo pôr um pé à frente do outro e a vomitar tudo que chegava ao estômago. Não foi um dia bonito – viva o IceTea de limão do Costa Café que chegou ao outro lado do mundo para me salvar. Felizmente à tarde já me encontrava melhor mas a essa hora já estávamos a caminho de Déli e tinha perdido todas as outras atracções da cidade.Posso dizer-vos que os meus companheiros de viagem gostaram do que viram e deixar-vos também algumas das fotos que eles tiraram.Agra Fort

 Little Taj

 Sikandra

Read more

Finalmente, o Taj!

Depois de um dia inteiro de viagem, com apenas a paragem para conhecer a cidade de fathepur Sikri, chegamos a Agra a meio da tarde, mesmo a tempo de pousar as coisas no hotel e aproveitar a luz do fim da tarde para visitar uma das 7 Maravilhas do Mundo, Património Mundial da UNESCO, cartão-postal de Agra e de toda a Índia, praticamente o motivo da nossa viagem, o Taj Mahal!

Ao contrário do que muita gente pensa, o Taj não é um palácio mas sim um mausoléu construído para albergar a tumba de Muntaz Mahal.
Conta a história que em 1612 o imperador Shah Jahan casou com uma princesa persa a quem deu o nome de Muntaz Mahal (a jóia do palácio) e que esta, que não era a sua primeira esposa, foi aquela por quem se apaixonou perdidamente e se tornou a sua principal conselheira e apoiante. Muntaz deu ao imperador 14 filhos mas morreu no último parto deixando o imperador desolado e sem vontade de viver. Diz-se que o mausoléu do Taj Mahal é a maior prova de amor do mundo, uma vez que foi mandado construir pelo próprio imperador, logo após a morte da amada para depositar os restos mortais de Muntaz. Por sua ordem e desenhado por ele, foi construído ‘o mais bonito edifício do mundo’ em mármore branco incrustado com pedras semi-preciosas de diferentes cores como turquesas, lápis-lazuli e safiras.
O custo da obra foi de tal modo exorbitante que levou anos mais tarde o príncipe herdeiro e filho do imperador a prender o pai e a tomar o poder para si alegando a falta de discernimento do pai na gestão do reino. O imperador ficou em cativeiro no forte de Agra onde pelo menos lhe foi possível contemplar até ao resto dos seus dias a sua obra de homenagem à falecida esposa. read more

Read more

Fatehpur Sikri

Depois das duas noites que passamos em Jaipur, e de todas as maravilhas que vimos por lá, fizemo-nos novamente à estrada, desta vez em direcção a Agra.Outra viagem de pouco mais de 200 km que durou grande parte do dia mas que permitiu uma paragem pelo caminho, para conhecer a cidade de Fatehpur Sikri.Esta cidade foi construída há cerca de 500 anos pelo imperador Akbar mas funcionou como capital do país durante apenas quatorze anos, devido ao surgimento de uma seca extrema na região.

Read more

Planeia a tua viagem! Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo. São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada! - Reservas de alojamento em Booking.com - Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide Qualquer dúvida, manda-me um mail e posso ajudar no que precisares.