Roteiro de 1 dia no Natal de Estrasburgo.

Depois de conhecer as cidadezinhas mais pequenas como Colmar, Kaysersberg e Riquewihr, passamos o dia seguinte na capital da região, Estrasburgo. Fomos e voltamos de comboio, não chegamos super cedo, nem partimos super tarde. Estivemos talvez das 11h às 17h e foi o tempo perfeito para conhecer o centro da cidade, a zona dos canais, a catedral, a Plaza Kléber e passear um pouco sem destino só para absorver o espírito de Natal (que também se apoderou da cidade) e fazer algumas compras. Na cidade pode ainda ser visitada a zona onde se encontram as instituições europeias – a sede do Parlamento Europeu é em Estrasburgo, apesar de passar mais tempo em Bruxelas -, mas não fica exactamente no centro do cidade, por isso acabou por ficar fora do nosso roteiro. Um bom motivo para voltar um dia mais tarde.

Read more

Alsácia profunda, Riquewihr e Kaysersberg.

Numa das tardes que passamos por Colmar, decidimos fazer-nos à estrada para conhecer um pouco melhor a campagne e, claro está, uns mercadinhos de Natal mais pequenos.Pelo que percebi, existem transportes públicos nesta zona, mas não com frequências suficientes para ser recomendável para quem vai de passeio sem excesso de tempo disponível. As distâncias são curtas, as estradas óptimas e bem indicadas, por isso a melhor opção para explorar a região é mesmo de carro.

Visitamos duas pequenas terrinhas:
Kaysersberg, bem no meio da Rota dos Vinhos e rodeada de uvas por todos os lados, onde o Natal também marcava a época e aproveitamos para provar uma das especialidades da região, a tarte flambée – uma espécie de pizza fininha bem boa – acompanhada não pelo vinho da região, mas por uma biére que vai sempre bem com tudo.

Riquewihr, com a sua muralha medieval bem conservada, e uma animada rua principal totalmente no espírito natalício. Já só chegamos aqui sem luz do dia, mas iluminadas pelas luzinhas de Natal, a cidadezinha parecia realmente encantadora. Ao que consta durante o dia o colorido também vale muito a pena, aqui está uma boa razão para voltar.

Read more

Natal em Colmar.

Colmar é a típica vila de contos de fadas que nos fez ir até à Alsácia, apesar de Estrasburgo ser a capital da região, sem dúvida que Colmar é o cartão-postal. As suas casinhas coloridas com barrotes de madeira e o curso de água que a atravessa (chamam-lhe mesmo La Petite Venice) dão um encanto à cidade que a torna atractiva todo o ano, especialmente na Primavera, quando fica repleta de flores e no Natal, em que todo o centro se veste a rigor e se enche com um gigante mercado de Natal. Achei o mercado de Natal de Colmar diferente de todos os outros que já tinha visitado, claro que havia barraquinhas nas ruas (principalmente nas pracinhas) onde se podia beber Vin Chaud, comer um crepe ou comprar decorações de Natal, mas o forte era mesmo o espírito da cidade, a decoração das lojas e o ar de satisfação das milhares de pessoas que andavam pelas ruas. Se ainda estão à procura de destino para os feriados que nos aguardam no próximo mês de Dezembro. Não pensem muito mais e embarquem até à Alsácia.

Read more

Mercados de Natal no centro da Europa, o Roteiro!

Esta viagem começou a ser planeada em volta de um objectivo, o mercado de Natal de Colmar, em França. É um dos mais conhecidos da região, pois abrange todo o centro duma das mais típicas pequenas cidades da Alsácia. Que mesmo fora da época natalícia já merece um visita pelo elevado nível de fofura. A partir daí foi optimizar ao máximo os quatro dias da ponte do 8 de Dezembro e voilá… 4 dias, 4 países, 7 cidadezinhas, e muitos mercados de Natal. Colmar não tem aeroporto, mas há vários nas imediações que podem ser usados para chegar/partir da região. O mais óbvio será talvez Estrasburgo, a capital da Alsácia, mas há vários outros, Basileia, Estugarda, Karlsruhe… É uma questão de perder tempo a pesquisar preços e horários. A opção que melhor optimizou a nossa viagem foi chegar a Basileia e regressar do Luxemburgo, e em torno disso e sempre com base em Colmar o roteiro da viagem ficou assim: Dia 1: Voo até Basileia, visita a Basileia (Suiça) e ao Vitra Museum em Weil am Rhein (Alemanha), comboio até Colmar. Dia 2: Colmar, Kaysersberg e Riquewihr (França). Dia 3: Passeio de 1 dia a Estrasburgo (França), de comboio. Dia 4: Comboio de Colmar até à cidade do Luxemburgo, dia inteiro por lá, voo de regresso a partir do Luxemburgo. O aeroporto de Basileia apesar de pequeno é o mais internacional de sempre, apesar de estar em território Francês, tem fronteira/alfândega de três países diferentes (francesa, suiça e alemã) e terá post próprio junto com as instruções de como se locomoverem por lá, entre as três fronteiras que não existem (hello Schengen!). O comboio entre Basileia e Colmar, bem como a viagem de ida e volta a Estrasburgo foram compradas directamente na estação no próprio dia (apesar de poderem ser compradas com antecedência), já comboios mais regionais com imensas opções de horários e comprar na hora permite mais liberdade de movimentos e horários.  Os arredores de Colmar foram explorados de carro, existem transportes públicos na região, mas a não ser que tenham um mês para explorar tudo com tempo, o carro será mesmo a opção. A viagem do último dia entre Colmar e o Luxemburgo foi comprada com bastante antecedência no site da Sncf, a CP lá do sítio. Os preços já são mais puxadinhos, e acabamos por pagar quase 50 euros por uma viagem de 3h30 com troca de comboio em Estrasburgo e em Metz. Nos próximos dias virão os detalhes de cada passeio e muitas fotografias de Natal, eu sei que estamos no Verão e não parece muito a propósito… Mas é a altura ideal para programarem os feriados de Dezembro deste ano, e aproveitem que voltamos a ter dois!

Read more