Balanço de Primeiro de Agosto

O Verão vai bem obrigada, eu diria até que vai bem demais. São demasiados planos, demasiadas solicitações, demasiadas coisas para fazer num dia que deveria ter 8 horas de trabalho, 9 horas de sono, 4 de manutenção de sobrevivência e onde as 3 restantes parece que desaparecem por entre os dedos.

Read more

A nova vida do Blogue.

Olá a todos!

Se entraram no blogue depois do fim do dia de ontem já devem ter reparado que estamos com uma cara ligeiramente diferente. O objetivo desta mudança não foi mudar de cara – aliás, as mudanças foram ligeiras e só as inevitáveis – mas sim mudar de endereço e de backoffice. 

Read more

Continuamos em modo balanço de meio da semana…

Hoje quase adormecia em pé durante o dia, isto está a ficar meio complicado, por isso hoje nem vou pôr os pés fora de casa. O objectivo era dormir cedo, mas ainda não fechei a mala, não fiz o check-in, não reservei parque para o carro, não pensei direito o que vou fazer durante o fim-de-semana, nem sequer imprimi o bilhete do concerto a que vou.  Oh semana difícil, queria ver se amanhã não adormecia a caminho do aeroporto, o que era chato porque vou a conduzir 🙂  Se me virem este fim-de-semana pela capital, digam olá! Fui, que ainda tenho muito o que fazer. Tenho a sensação que o cérebro de periquito que tenho neste momento não vai dar conta de todos os recados – vai ficar alguma coisa em terra.

Read more

Balanço de meio da semana

Este não é um balanço de início de Verão, nem de Julho, nem de coisa nenhuma relevante, é mesmo só para dizer que isto está mais ou menos caótico. O Verão é óptimo, porque está bom tempo e o mundo inteiro está de férias, e há imensos planos todos os dias, e está calor, e queremos ir à praia, e sair à noite para beber mojitos e caipirinhas. Mas depois uma pessoa continua a ter de trabalhar 8 horas por dia, e continuar de volta da tese, e o dia só tem as mesmas 24 horas do Inverno e começa tudo a tornar-se dramático. Tenho uma série de posts em mente para partilhar convosco, mais viagens pelo Alto-Minho, um regresso ao Porto, planos de viagens futuras… um sem fim de ideias. Mas trabalhei o dia todo, daqui a bocado tenho de sair para um jantar, este fim-de-semana rumo à capital e ainda nem pensei muito nisso e a situação atual é esta… …tenho umas correções urgentes da tese para entregar ao meu orientador. Portanto o blogue vai ter mesmo de esperar, pelo menos por hoje. Espero que o vosso Verão esteja a rolar de forma tão hiperativa como o meu, para nem darem pela minha falta. Mas eu volto, é garantido. Soon!

Read more

Sugestão de fim-de-semana!

… Descansar até ao infinito. Não sei bem como isto foi acontecer, mas cheguei a casa depois do trabalho, encostei-me no sofá… e acordei agora.

Ando mesmo mais morta que viva, por isso vou só ali dormir até amanhã de manhã e já volto.

Read more

Obrigada!

Não sei muito bem como, mas há pouco mais de um mês inscrevi-me na plataforma Blogs de Portugal, e graças às vossas visitas vim parar rapidamente ao Top 10 na categoria de Viagens. Para quem estava convencida que tinha dez leitores até que isto foi uma surpresa.
Ainda estou abananada, mas qualquer dia não me apanham por cá, estarei numa qualquer press trip para bloggers a beber um cocktail de chapeuzinho à sombra de um coqueiro numa praia das Maldivas. Ou então não saio do sítio. 

Read more

Primeiro fim-de-semana de Junho

Junho entrou em força este fim-de-semana, mas o tempo de Verão ficou na gaveta. Não sei como foi para os vossos lados, mas no litoral norte esteve muito desagradável, nem na esplanada se estava bem, quanto mais na praia. Tenho para mim que foi o São Pedro a avisar-me que estava mesmo era a precisar de ficar em casa a trabalhar nos finalmentes da tese e eu como até ouço bem, depois de não ter feito nada de jeito no sábado, entre uns futebóis e outros, no domingo nem o pijama tirei e passei o dia todo em frente ao computador. Não foi o dia mais produtivo da história mas sempre deu para fazer qualquer coisa, as próximas semanas ainda serão passadas no mesmo mood que é para ver se isto desanda de vez.

Read more

Primeiro fim-de-semana de Junho

Junho entrou em força este fim-de-semana, mas o tempo de Verão ficou na gaveta. Não sei como foi para os vossos lados, mas no litoral norte esteve muito desagradável, nem na esplanada se estava bem, quanto mais na praia. Tenho para mim que foi o São Pedro a avisar-me que estava mesmo era a precisar de ficar em casa a trabalhar nos finalmentes da tese e eu como até ouço bem, depois de não ter feito nada de jeito no sábado, entre uns futebóis e outros, no domingo nem o pijama tirei e passei o dia todo em frente ao computador. Não foi o dia mais produtivo da história mas sempre deu para fazer qualquer coisa, as próximas semanas ainda serão passadas no mesmo mood que é para ver se isto desanda de vez.Espero que tenham para me contar coisas mais animadas do vosso fim-de-semana. Hoje é segunda e eu já só queria que fosse sexta outra vez.

Read more

Gosto de publicidade! Fazer o quê…? #10

Hoje resolvi recuperar uma rubrica perdida no tempo neste blogue com um anúncio recente. Costumava vir aqui com umas publicidades mais fofinhas mas esta, apesar de achar que aqui ou ali podia ter sido melhor executada, tem uma ideia incrível. Como teria sido a nossa vida desde sempre com acesso às tecnologias actuais? Penso muitas vezes nisso, em como ouvi um sermão de tempos infindáveis quando mandei 120 sms num mês, andava para aí no 9º ano e hoje em dia provavelmente mando 120 mensagens por dia (nos dias mais fracos) entre whatsapps, facebooks e afins desta vida. Como era desesperante contar os caracteres de tudo o que escrevíamos e ainda ter de inventar x em vez de ss e outros disparates vários só para poupar aqui e ali e hoje mandamos fotografias, vídeos e as mais variadas palermices sem pensar duas vezes.Mas isto já era num mundo mega evoluído, em que havia telemóveis. Porque uns tempos antes sabia de cor o número de telefone de casa de toda a minha família e amigos mais próximos. E as pessoas desencontravam-se no café, porque ninguém ligava a dizer “já cheguei”. Enfim, outros tempos em que não tínhamos o mundo à distância de um clique. A revolução das comunicações foi sem dúvida a mais presente na minha vida e de quem, como eu, nasceu nos anos 80, e que ainda teve oportunidade de viver nos dois mundos.Enfim, só para dizer que achei a ideia genial e gostei de saber que já na final do Euro 2004 o Ronaldo “vaticinou” que ainda íamos ganhar um Europeu. Obrigada mais uma vez, oh capitão. E não, isto não é um publi-post, que a MEO cobra-me uma pequena fortuna pelo pacote de tv-internet-telefone que tenho em casa e ainda me chateia a miúde para juntar também o telemóvel. Ahahahah, acontece que na verdade é o melhor serviço que conheço em termos de televisão e box (as gravações automáticas são uma das mais brilhantes invenções dos tempos modernos), não conheço o resto das opções disponíveis no mercado, mas a box da NOS é uma treta! – Posto isto, bem me podiam fazer um descontozinho, não? –

Read more