Primeiro fim-de-semana de Junho

Junho entrou em força este fim-de-semana, mas o tempo de Verão ficou na gaveta. Não sei como foi para os vossos lados, mas no litoral norte esteve muito desagradável, nem na esplanada se estava bem, quanto mais na praia. Tenho para mim que foi o São Pedro a avisar-me que estava mesmo era a precisar de ficar em casa a trabalhar nos finalmentes da tese e eu como até ouço bem, depois de não ter feito nada de jeito no sábado, entre uns futebóis e outros, no domingo nem o pijama tirei e passei o dia todo em frente ao computador. Não foi o dia mais produtivo da história mas sempre deu para fazer qualquer coisa, as próximas semanas ainda serão passadas no mesmo mood que é para ver se isto desanda de vez.

Read more

Primeiro fim-de-semana de Junho

Junho entrou em força este fim-de-semana, mas o tempo de Verão ficou na gaveta. Não sei como foi para os vossos lados, mas no litoral norte esteve muito desagradável, nem na esplanada se estava bem, quanto mais na praia. Tenho para mim que foi o São Pedro a avisar-me que estava mesmo era a precisar de ficar em casa a trabalhar nos finalmentes da tese e eu como até ouço bem, depois de não ter feito nada de jeito no sábado, entre uns futebóis e outros, no domingo nem o pijama tirei e passei o dia todo em frente ao computador. Não foi o dia mais produtivo da história mas sempre deu para fazer qualquer coisa, as próximas semanas ainda serão passadas no mesmo mood que é para ver se isto desanda de vez.Espero que tenham para me contar coisas mais animadas do vosso fim-de-semana. Hoje é segunda e eu já só queria que fosse sexta outra vez.

Read more

Gosto de publicidade! Fazer o quê…? #10

Hoje resolvi recuperar uma rubrica perdida no tempo neste blogue com um anúncio recente. Costumava vir aqui com umas publicidades mais fofinhas mas esta, apesar de achar que aqui ou ali podia ter sido melhor executada, tem uma ideia incrível. Como teria sido a nossa vida desde sempre com acesso às tecnologias actuais? Penso muitas vezes nisso, em como ouvi um sermão de tempos infindáveis quando mandei 120 sms num mês, andava para aí no 9º ano e hoje em dia provavelmente mando 120 mensagens por dia (nos dias mais fracos) entre whatsapps, facebooks e afins desta vida. Como era desesperante contar os caracteres de tudo o que escrevíamos e ainda ter de inventar x em vez de ss e outros disparates vários só para poupar aqui e ali e hoje mandamos fotografias, vídeos e as mais variadas palermices sem pensar duas vezes.Mas isto já era num mundo mega evoluído, em que havia telemóveis. Porque uns tempos antes sabia de cor o número de telefone de casa de toda a minha família e amigos mais próximos. E as pessoas desencontravam-se no café, porque ninguém ligava a dizer “já cheguei”. Enfim, outros tempos em que não tínhamos o mundo à distância de um clique. A revolução das comunicações foi sem dúvida a mais presente na minha vida e de quem, como eu, nasceu nos anos 80, e que ainda teve oportunidade de viver nos dois mundos.Enfim, só para dizer que achei a ideia genial e gostei de saber que já na final do Euro 2004 o Ronaldo “vaticinou” que ainda íamos ganhar um Europeu. Obrigada mais uma vez, oh capitão. E não, isto não é um publi-post, que a MEO cobra-me uma pequena fortuna pelo pacote de tv-internet-telefone que tenho em casa e ainda me chateia a miúde para juntar também o telemóvel. Ahahahah, acontece que na verdade é o melhor serviço que conheço em termos de televisão e box (as gravações automáticas são uma das mais brilhantes invenções dos tempos modernos), não conheço o resto das opções disponíveis no mercado, mas a box da NOS é uma treta! – Posto isto, bem me podiam fazer um descontozinho, não? –

Read more

Abril Sempre!

Hoje passo só num instante para vos desejar um bom feriado.Não sei se estão de papo para o ar na praia a gozar a ponte ou se estão no batente. Eu consegui um horário de trabalho mais ou menos favorável, já que tenho a tarde livre, um mix de vá trabalhar mas sinta-se de férias.Foi um fim-de-semana intenso, que se prolonga por vários dias, entre altos (manutenção do glorioso no topo da liderança) e baixos (um domingo inteiro enfiada em casa a trabalhar).Para terminar, uma lufada de ar fresco e de esperança na humanidade com a vitória independente e ao centro na primeira volta das presidenciais francesas – apesar da votação expressiva da Frente Nacional. Monsieur Macron para além de ter pinta ainda é um optimista e europeísta convicto e isso não podia vir mais a calhar neste fim-de-semana comemorativo.Amanhã estarei presente no hastear da bandeira e nas comemorações oficiais lá da terra, para não deixar morrer Abril. Viva a Liberdade! 🙂

Read more

Balanço de Páscoa!

E assim se terminou mais um fim-de-semana prolongado, desta vez pelas Páscoas. Esteve um tempo bastante agradável para apanhar sol, para ler um livro e para não fazer nenhum. Para trabalhar que é bom e que precisava tanto é que não foi lá muito produtivo (espero que os próximos fins-de-semana sejam bem mais senão estou tramada!) E claro, Páscoa é Páscoa e houve comida até cair para o lado, e haverá docinhos para o lanche da semana toda, que isto no Alto-Minho é em grande. No sábado repetiu-se o evento, A Maior Mesa de Páscoa do País, em Âncora City (viram na tv?) e ontem foi feriado no concelho, e dia de Páscoas em todo o distrito, hoje voltamos ao batente com a alegria de saber que as próximas semanas também só têm quatro dias de trabalho. Espero que as vossas Páscoas tenham sido boas, que o cabrito tenha estado saboroso e se virem algum dos jornalistas que apresenta telejornais na segunda-feira de Páscoa, expliquem-lhe que na segunda ainda é Páscoa, e que a Pascoela é só no próximo domingo – diz o dicionário que é sete dias depois da Páscoa -, quando o compasso vai às associações e não a casa particulares. Todos os anos dizem a mesma coisa.

Read more

Começa hoje mais uma Primavera…

…e isso é particularmente bom já que o Inverno foi terrível para o Benfica.Para além disso, estou particularmente ansiosa por conseguir esticar-me ao Sol, na praia, já que este Inverno rapei um frio dos diabos (o que é meio um contra-senso, já que o Inferno é suposto ser muito quente).Nas últimas semanas andei aflita com dores de costas, ao ponto de parecer uma velha a dormir rodeada de almofadas – que nem na cama estava bem – e este fim de semana quase vi estrelas com as dores de dentes. Portanto toda eu preciso de entrar no espírito da Primavera e melhorar o mood.Os planos, com Sol, até tem outro encanto e a ver se o Lago di Como não será o único passeio da estação. Working on it.E desse lado, planos para receber a Primavera? A Primavera de 2016, nos campos de tulipas de Lisse, na Holanda.

Read more

Dia Internacional da mulher.

Sempre tive mixed feelings acerca deste dia. Claro que continuo a achar que o mundo ainda tem muito quilómetro a percorrer até à igualdade de género, e se já achei que essa realidade estava mais longe da minha, cada vez tenho mais a certeza que está mesmo aqui ao lado e que nenhuma de nós vai conseguir escapar dela durante toda a vida. Por mais distraídas que possamos andar, já todas sentimos em algum momento que se não fossemos mulheres iam olhar para nós de forma diferente, nem sempre pelos melhores motivos. Mas também continuo a achar que o combate se faz no dia-a-dia, pelo exemplo, agindo com naturalidade e nunca se deixando intimidar por um olhar reprovador. E não num dia cada vez mais comercial em que as mesmas mulheres que acham normal, nos outros 364 dias do ano, terem de ficar em casa a fazer o jantar para o marido e a tomar conta dos filhos, saem para grandes jantaradas que acabam em strip-tease. Haverá machismo maior que este? Ainda a propósito deste tema, esta semana estalou a polémica sobre as fotografias que a Emma Watson fez para a capa da Vanity Fair e eu continuo a ficar surpreendida como o mundo que ainda acha que feminismo é queimar sutiãs e achar que as mulheres devem ser “literalmente” iguais aos homens. E porque feminismo é a liberdade de sermos todos aquilo que bem entendermos, eu hoje à noite vou sair de casa só para ver o Benfica! Esta fotografia foi tirada em Fevereiro deste ano, em Valência, a última viagem que fiz sozinha. Deixo-vos (aqui!) o link do post que escrevi no ano passado por esta altura sobre viajar sozinhA. Os meus conselhos para serem mais cuidadosas mas nunca deixarem de ir.

Read more

Balanço de (quase) fim de mês.

Fevereiro é o mês mais nhéc do ano, nem é carne, nem é peixe. Já passaram todas as celebrações Invernais, mas ainda temos de aguentar com ele até Março quando começa de novo a cheirar a Primavera. Acho que foi por isso que o escolheram para ter só 28 dias. Foi uma decisão esperta.Mas este mês de Fevereiro até nem foi nada mau por estes lados, entreguei logo no inicio do mês a primeira versão da tese, e como neste momento ainda está para correcções, de lá para cá tenho estado de férias! Aproveitando esse facto marquei logo uma pequena viagem de fim-de-semana e lá fui eu para Valência e Cuenca, que já me estava a ressacar, há mais de dois meses sem sair de casa. :)O São Pedro também colaborou e as duas últimas semanas estiveram mesmo agradáveis ao ponto de passear na praia, almoçar na esplanada e curtir a varanda ao fim do dia. Tudo isto entre livros, séries novas e os filmes para os Óscares. Assim de repente, melhor, só mesmo estando de férias.Vem aí o último fim-de-semana do mês, prolongado para alguns, de folia para outros. Eu dispenso Carnaval, não consigo achar graça a fazer figuras tristes andar mascarado mas adoro rir-me das figuras dos outros, heheh. Segunda tenho de trabalhar, mas uma segunda com ar de sexta já não é mal de todo e há planos para passear por perto no feriado – portanto venha daí esse Carnaval! Divirtam-se.
“Da minha varanda vejo mar!” Literalmente.

Read more

Um de doze…

Já diz o ditado que “Janeiro fora, mais uma hora”, e é bem verdade que tenho chegado a casa ainda de dia e isso dá logo outro ânimo, e a perspectiva de que a Primavera vai finalmente chegar. Entretanto este primeiro mês do ano foi passado entre muitas horas de trabalho ao computador (#atesenãotemfim), dias de Sol mas um frio insuportável, muita comida e sempre acompanhado de muito descanso para o corpo – já que a mente anda mais do que ocupada e ninguém é de ferro.Amanhã começa Fevereiro, e entramos com o pé direito, vem aí uma surpresa! Passem por cá 🙂

Read more

Balanço de Reis!

Este é mesmo aquele post só para confessar a preguiça…Tenho sempre dúvidas se o dia mais difícil do ano é o 1 de Setembro ou o 2 de Janeiro. Mas já que este ano o 2 de Janeiro calhau bem a uma segunda-feira e as semanas de trabalho inteiras que temos pela frente, já que o Carnaval é só no fim de Fevereiro são tremendamente assustadoras, temo que esta seja mesmo a semana mais difícil de sempre.Hoje é sexta e eu sinto que me passou um camião por cima durante a semana, para além da tosse que trazia do fim do ano que não me permitiu descansar nas primeiras noites, ainda foi uma semana atribulada de idas aqui e acolá e ainda não passei um serão inteiro enroscada no sofá.Mas para compensar ontem houve mesmo Bacalhau com Batatas o que já foi um plus na semana, mas eu já conto as horas para as 5h da tarde e para o início de um fim-de-semana que se espera bem caseiro. De descanso e trabalho em casa.Entretanto, a falta de tempo também atingiu o blogue e hoje estava previsto mostrar-vos o último vídeo da viagem ao Perú, para finalmente acabar com esses relatos e começar já com a road trip na Baviera. Mas, shame on me, e ainda nem comecei a editá-lo. Fica aqui a promessa pública de que será o post de segunda-feira, podem cobrar!Entretanto aproveitem bem o fim-de-semana! O único momento de relaxamento da semana,  almoço de restos em frente ao Rio Lima.

Read more