Os guarda-sóis de Zagreb.

Estes guarda-sóis vermelhos (guarda-chuva de Sestine), tem origem num traje tradicional da região nos arredores de Zagreb e são hoje em dia usados nos mercados e feirinhas por toda a cidade. Tornaram-se sem dúvida num dos símbolos da cidade, e dão um colorido e uma vida diferente à cidade.Adorei a imagem.  

Read more

Mesmo ali ao lado… Zagreb.

Ainda no fim-de-semana (prolongado) em que voei até à Eslovénia, aproveitei para apanhar um comboio, cruzar a fronteira e colocar mais um bandeirinha num novo país, conhecendo a sua capital.Assim, apanhei o comboio para Zagreb, Croácia, no domingo à noite, e regressei na terça a tempo de apanhar o avião de volta a Viena. Uma viagem de duas horas e meia que vale a pena para conhecer uma capital que à partida não promete muito, mas que acaba por revelar os seus encantos.A cidade está dividida em duas zonas distintas.A cidade alta, mais antiga, com as suas ruinhas e igrejas, zonas de mercado, cafés e restaurantes. Acolhedora.A cidade baixa, mais recente, de avenidas largas e zonas ajardinadas. Com grandes museus, salas de espectáculo, fancy restaurants e novas zonas comerciais.Uma boa combinação, uma cidade que surpreende.A igreja de S. Marcos, com as suas telhas coloridas, é talvez a imagem mais conhecida da cidade. Fica bem no cimo da cidade alta, mas vale a pena a caminhada para ver este telhado diferente.   Outra das atracções da cidade alta é esta capela negra, escavada numa passagem na rua. A catedral, e a vista para a cidade… A cidade baixa. O Tram azul, na praça principal da cidade.

Read more

Planeia a tua viagem! Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo. São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada! - Reservas de alojamento em Booking.com - Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide Qualquer dúvida, manda-me um mail e posso ajudar no que precisares.