Hallstatt, à luz da Lua.

Uma viagem quase nem tem graça se não tiver uma história para contar. Principalmente uma daquelas que não sabes se hás-de rir ou de chorar quando pensas nela, e que te vais lembrar para sempre. Depois da multa que pagamos por circular 500 metros na autoestrada, a ida a Hallstatt foi o maior flop da viagem!Eram aí umas 15h quando chegamos ao fim do que tínhamos planeado visitar em Salzburgo e surgiu a ideia de ir até Hallstatt, são 70 km, vamos chegar lá ao fim do dia, mesmo a tempo de tirar umas fotos e siga. Tínhamos visto a aldeia era mesmo isso, o cenário na beira do lado, portanto também não precisávamos de tempo para muito mais.Acontece que a hora tinha mudado no dia anterior, a estrada era de montanha, não se pode circular de carro dentro da localidade – tivemos que estacionar num parque fora e ir a pé – o tempo estava a encobrir, e às 17h20, de dia 30 de Outubro de 2016, quando lá chegamos era noite cerrada! Portanto a melho imagem que conseguimos obter é aquela pela qual inicio este post. Apesar de tudo não está nada má, ah? No único ângulo possível de pousar a máquina com a exposição máxima, foi o que saiu. Ficou bem boa, e a viagem quase tinha valido a pena se os nossos olhos tivessem visto a mesma imagem. Porque não. O olho humano não distinguia as fronteiras entre o céu, a montanha e o lado – que não eram azuis, mas sim pretos – o poder que uma máquina fotográfica tem!Já que lá estávamos demos um pequeno passeio, e deu para perceber que a região tem potencial para ser bastante fofa, aqui está uma bela desculpa para mais dia menos dia ter de regressar! E é uma óptima opção para passeio a partir de Salzburgo. (Há barcos que atravessam regularmente entre as duas margens do lago, pelo que li se chegarem de comboio, será ao outro lado do lago e terão de apanhar o barco até Hallstatt) Se não forem tão azelhas como nós, façam a dobradinha Salzburgo-Hallstatt na ordem contrária e terão direito a uma fotografia mais parecida com esta: (obtida no maravilhoso mundo da internet)

Read more

Planeia a tua viagem! Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo. São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada! Reservas de alojamento em Booking.com Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide Pede já o teu cartão de crédito Revolut sem custos, e fica isento de taxas e comissões em pagamentos e levantamentos de dinheiro noutras moedas Qualquer dúvida, manda-me um mail e posso ajudar no que precisares. *Esta publicação contém links afiliados