Machu Picchu… what else?

Já vou contei aqui:Machu Picchu, dicas práticas.todos os planos que tínhamos para a nossa ida até às ruínas Incas de Machu Picchu. E depois também contei por aqui:Aquilo que não é suposto acontecero drama que foi reformular toda a programação devido ao atraso do voo que nos iria trazer de La Paz até Cusco.Entretanto também vos mostrei o que conhecemos pelo caminho, um pouco de Ollantaytambo já de noite:Ollantaytamboe a base de exploração de Machu Picchu, Águas Calientes:Águas CalientesPortanto, neste momento a única coisa que falta é mesmo o sítio arqueológico propriamente dito, já viram um vídeo aqui:Machu Picchu no Youtube!mas ainda não saiu post com as milhares de fotografias que tirei.Há pouca coisa que possa dizer aqui que não seja um pouco clichê. Que esta era a viagem de uma vida, de sonho e blábláblá… E que cumpriu tudo o que estávamos à espera. As palavras ficam um pouco curtas quando damos de cara pela primeira vez com a cidade Inca e é mais ou menos impressionante como uma civilização, teoricamente tão menos avançada que a nossa foi construir uma cidade daqueles num fim de mundo jeitoso – tão recôndito que demoramos séculos até dar com ela.Está tudo extremamente bem conservado, e é possível ainda hoje perceber as diferentes zonas de organização da cidade, templos, zona habitacional, zonas agrícolas – a maior riqueza dos Incas. Para ficarem com uma ideia melhor acerca destes pormenores é importante que tenham um guia, que vos vai levar aos ponto mais importantes e explicar a organização da cidade. Se a ideia for só ficarem deslumbrados, podem ir por vossa conta, a paisagem dá conta do recado sozinha. A agência que contratámos, e que nos salvoua viagem foi:Andean Adventures Perusales@andeanadventuresperu.com

Read more

Águas Calientes

Como já expliquei no post de organização da viagem até Machu Picchu, Águas Calientes é a porta de entrada mais comum para os turistas que vão até lá. Fica praticamente no fim do mundo, só acessível por comboio e a pé, e não é passagem para sítio nenhum.Mas é um fim do mundo encantador, com uma vegetação incrível, encarcerada no meio de montanhas incríveis – uma delas é a que se vê em todas as fotos clássicas do Machu Picchu. Está super preparada para turistas, vive disso aliás, e para além do comboio que atravessa a cidade ao meio, há os mini bus que saem a toda a hora para o parque arqueológico, um mercado de artesanato e produtos locais enooooorme e cheio de onde gastar dinheiro, muitos cafés, restaurantes e alojamentos.À chegada pouco tempo estivemos por lá, e o que estivemos foi passado na fila para o minibus, que é enorme a qualquer hora do dia, mas que até anda depressinha.No regresso do parque arqueológico, já com a sensação de missão cumprida, e ainda meio inebriados com a visita, pudemos aproveitar para almoçar, passear um pouco e fazer algumas compras antes de apanhar o comboio de regresso a Cusco.Se planearem um pouco mais de tempo para a cidade, há um museu e umas termas na cidade, nós infelizmente com as confusões e os atrasos acabamos por não conseguir passar mais tempo por lá.

Read more

Machu Picchu no Youtube!

Depois da Bolívia, a viagem deste Verão levou-nos até ao Perú e – como não podia deixar de ser – o ponto alto da viagem foi a visita à cidade Inca de Machu Picchu!Nos próximos posts chegarão todos os detalhes que precisam saber para conseguir planear a vossa própria visita, não é fácil lá chegar, e haverá fotografias às dezenas para ficarem com uma ideia do encanto do lugar. Mas para já, e só para deixar um cheirinho no ar, mais um vídeo no canal do Youtube!Relevem o facto de me ter esquecido de filmar imensas coisas e ter tido necessidade de ‘dar vida’ a algumas fotografias, mas é chegar lá e ficar de tal modo embasbacado que uma pessoa até se esquece de registar o momento para a posteridade.Se gostaram um bocadinho que seja, cheguem lá um gosto e subscrevam este modesto canal, para me incentivar, que isto de ter só três subscritores (sendo que um deles é a minha conta privada) não é fixe, ahahah. Câmaras: Nikon J1, iPhone 6S, Action Cam Denver AC-5000W MK2

Read more

Roteiro América do Sul, 2016

Está a chegar o momento mais aguardado do ano, aqui no estaminé, os relatos da viagem de Verão à América do Sul – Bolívia e Perú! Palminhas para mim que este ano consegui aviar tudo bem depressinha e ainda estamos em Outubro e voilá… Aqui vamos nós. (Acho que a América do Sul 2015 só chegou ao blogue este ano, shame on me!)Então como isto começou? Depois da incursão extremamente bem sucedida em 2015, não estava mesmo a pensar voltar tão cedo, o mundo é muito grande e as primeiras pesquisas para o Verão de 2016 começaram… na China. Difícil terem mudado tanto, mas os meus pais acabaram por entrar na equação e depois de muitas voltas e pesquisas, regressar foi mesmo a melhor opção e acabámos a viajar os três durante 12 dias pela Bolivia e Perú, um pouco mais a cima que chuva e frio já tinha apanhado qb no ano anterior.O roteiro final não foi perfeito, nunca o é, vai ficar sempre a faltar isto ou aquilo. É o vizinho que foi a Sucre e é a melhor cidade da Bolivia ou o primo que foi ao lago Titicaca e … como é que vocês perderam isso?Mas os dias não esticam, o orçamento também não, e conciliando as vontades de três viajantes o nosso plano acabou por ser óptimo para nós.

Ficou assim:
Dia 1 – Porto – Madrid
Dia 2 – Madrid – Lima – La Paz
Dia 3 – La Paz e Valle de la Luna
Dia 4 – Day tour – Uyuni
Dia 5 – La Paz – Cusco – Ollantaytambo
Dia 6 – Ollantaytambo – Águas Calientes – Machu Picchu – Cusco
Dia 7 – Cusco e ruínas Incas
Dia 8 – Cusco – Lima
Dia 9 – Lima
Dia 10 – Day tour – Linhas de Nasca e Paracas
Dia 11 – Lima – Madrid
Dia 12 – Madrid – Porto read more

Read more

Planeia a tua viagem! Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo. São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada! - Reservas de alojamento em Booking.com - Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide Qualquer dúvida, manda-me um mail e posso ajudar no que precisares.