Escapadinha em Ribeira de Pena | Pena Park Hotel

Num dos últimos fins-de-semana prolongados de início de inverno resolvi ir testar o Pena Park Hotel, que já estava na minha mira há muito tempo. Confesso que o que atraiu a minha atenção a primeira vez foi a piscina de borda infinita exterior, com vista para o pinhal – e estando a chover nem deu para me aproximar muito – mas toda a infraestrutura acabou por valer a pena. Como bónus ainda foi possível passear um pouco pela região e comer muito bem. Fica aqui a dica de escapadinha em Ribeira de Pena.

Read more

Gerês, dia 2.

O segundo dia do fim-de-semana no Gerês começou mais a norte do Parque Nacional, desta vez no distrito de Viana do Castelo, pela barragem do Alto-Lindoso.A barragem está construída desde 1992, no Rio Lima, e é o maior e mais potente produtor de energia hidroelétrica em Portugal. A altura e a força da água, a jusante, é uma imagem mais do que impressionante, mas a beleza da albufeira que se forma a montante não lhe fica atrás.A paragem seguinte foi um dos pontos altos da viagem, o conjunto de espigueiros do Soajo. Não sei bem como nunca tinha ido conhecer – e fica aqui tão perto de casa – e o que eu estava a perder. Estes conjunto de 24 espigueiros faz parte de uma Eira comunitária, o mais antigo é de 1782, e fica mesmo no centro da aldeia, sendo que ainda hoje alguns são utilizados.Estão assentes um grande afloramento de granito, o que lhe dá ainda mais encanto. Adorei a visita, que rendeu fotografias mesmo giras. – Acho que se nota pela quantidade de fotografias que parecia uma criança numa loja de gomas.      E para terminar o dia em beleza, ainda fizemos uma paragem estratégica na vila de Arcos de Valdevez, antes de rumar a casa. Outro local bem simpático, onde vale a pena passar, ou então uma óptima opção para pernoitar.       

Read more

Gerês, dia 1

Pois então, o dia de passeio começou ainda antes de chegar ao Gerês propriamente dito, no concelho da Póvoa do Lanhoso, onde provavelmente eu nunca tinha estado, visitamos o Santuário de Nossa Senhora de Riba d’Ave. Aquilo fica mais ou menos no meio do nada, mas um nada em versão bem bonita, com os campos verdes em redor, os espigueiros e as vinhas a vista é bastante interessante. É o Minho profundo e o Santuário tem algumas particularidades, sendo que a principal delas é o facto da igreja ficar na zona inferior da escadaria e não no topo como é habitual.Depois desta paragem estratégica, seguimos em direcção ao Parque Nacional da Peneda-Gerês, acompanhando o rio Cávado até à Albufeira da Caniçada. Esta é talvez uma das minhas paisagens favoritas do Parque e pode ser vista do alto, desde São Bento da Porta Aberta:Ou desde o nível das águas na praia do Alqueirão. Chegamos aqui com uma luz de tarde mesmo óptima para tirar fotografias e acho que as imagens dispensam muito mais palavras. A praia do Alqueirão é pequenita, mas está num óptimo local, com infraestruturas envolventes, deve ser um óptimo local para passar a tarde num dia de calor.E por último, antes que o sol de pusesse por completo, ainda deu para parar para um café e um passeio na Vila do Gerês, conhecida pelas suas termas e spa, com um hotel agora renovado, um óptimo local para pernoitar por estes lados – infelizmente nós não ficamos por cá.

Read more