Encontro de culturas, pelas ruas de Toledo.

Passear por Toledo é mesmo uma delícia. As suas ruelas são aconchegantes, há imensos cafés, lojinhas, ao virar de cada esquina já para não falar de edifícios surpreendentes e paisagens incríveis. A cidade foi considerada durante muitos anos, na idade média, como a mais tolerante de Espanha e deu abrigo a grandes comunidades judaicas e muçulmanas que conviveram lado a lado com os cristãos. Essa mistura está presente ainda hoje na arquitectura da cidade e nas inúmeras igrejas, mesquitas e sinagogas espalhadas pela cidade. A catedral de Toledo vale muito a pena a visita, é uma das mais incríveis de Espanha, mas desta vez não visitei por dentro, já o tinha feito há alguns anos atrás.  É possível conhecer, também, várias outras igrejas – como a igreja de São Tomé onde se encontra o famoso fresco de El Greco – e visitar o interior das mesquitas e das sinagogas da cidade. ‘Blogueira’ sofre em Toledo, tudo por vós.  Só para garantir que o topo da catedral saia mesmo na fotografia quase dava cabo das costas, e para vos trazer uma imagem do fresco ‘O Enterro do Conde de Orgaz’ do El Grego quase era presa por tirar fotografias em locais proibidos.

Read more

As pontes, as vistas de e para a cidade.

O centro histórico da cidade de Toledo fica numa pequena colina rodeada pelo rio Tejo, e a geografia não poderia ter sido mais generosa com as incríveis vistas que proporciona a partir das suas pontes para a cidade, ou da cidade em seu redor.Seja da ponte nova, perto da estação de autocarros, seja da antiga Ponte de San Martín – imperdível -, do pátio do Alcazar ou de um de muito outros miradouros espalhados pela cidade, vale a pena preparar a máquina fotográfica e começar a disparar em todas as direcções.

Read more

Mosteiro de San Juan de los Reyes.

O Mosteiro de San Juan de los Reyes foi mandado construir no século XV pelos Reis Católicos, Isabel e Fernando, como agradecimento pela vitória na Batalha do Toro (pouco conhecida por cá porque entre os perdedores encontra-se o Rei português Afonso V que tomara o partido de Juana Beltraneja – a outra candidata ao trono de Castela – com quem pretendia casar-se) que assegurou o trono a Isabel e a união a Aragão, e pelo nascimento do herdeiro da coroa, o príncipe Juan. Foi construído para a ordem Franciscana com o intuito de transformá-lo num mausoleo real.  O edifício é de estilo gótico mas é possível encontrar ao longo do espaço influências distintas (presentes em toda a cidade), por exemplo alguns motivos árabes.

Read more

Alcazar de Toledo.

No cima da colina mais alta da cidade, o Alcazar de Toledo domina a paisagem e o centro histórico da cidade. Este palácio fortificado sobre rochas remonta época romana, sendo o início da sua construção do século III, foi usado ao longo dos séculos pelos diversos governantes da região e o nome provém da época de ocupação árabe. Também os Reyes Católicos e o Imperador Carlos V fizeram deste edifício sua casa e um dos últimos momentos que o ligam à história de Espanha, foi o cerco que sofreu durante a Guerra Civil, em 1936, de onde as tropas do General Franco saíram vitoriosas. Algumas salas ainda se apresentam como àquela época, depois de serem severamente bombardeadas.Hoje em dia é sede do museu do Exército e ao domingo de manhã é possível visitar as sua exposições permanentes gratuitamente, foi o que nós fizemos.A visita permite conhecer o edifício por dentro, mas as exposições em si, se só tiverem um dia na cidade, não valem assim tanto a pena, dediquem mais tempo a passear e a perderem-se pelas vielas.

Read more

Day trip: Toledo, dicas práticas.

Deixámos um dos dias que estivemos em Madrid completamente livre para fazer uma visita de dia inteiro a uma outra cidade não muito longe.Há várias opções de passeio que permitem ir e voltar no mesmo dia. Estivemos indecisos até ao fim entre Segóvia (que já conheço e também recomendo muito) e Toledo, mas existem várias outras opções, como Ávila e a sua incrível muralha, Alcalá de Henares e o seu mais famoso habitante Miguel de Cervantes ou o Palácio do Escorial também nos arredores da capital.Acabamos por nos decidir por Toledo, a antiga capital espanhola, e foi um dia em cheio com imensas visitas, valeu a pena.Não foi à toa que Cervantes descreveu Toledo como ‘a glória de Espanha’ e que a cidade foi conhecida durante muito tempo pela sua liberdade e tolerância religiosa, ainda hoje é possível observar, destacado na silhueta da cidade, que emerge numa colina serpenteada pelo Tejo, o Alcazar e a Catedral. E encontrar espalhado pela ruas da cidade, e a conviver lado a lado pequenas igrejas, mesquitas e sinagogas.

Existem várias opções de transporte para chegar de Madrid a Toledo:
– Alugando um carro, são cerca de 75 km em auto-estrada. Esta é sem dúvida a opção que dá mais liberdade de movimentos e ideal se quiserem combinar mais do que um sítio a visitar.
– De comboio, cerca de meia hora de viagem entre Madrid e Toledo. É a maneira mais rápida de chegar à cidade, mas dependendo da antecedência e do tipo de bilhete que comprarem pode não ficar muito barato. A estação de comboio em Toledo fica perto o suficiente da cidade para irem a pé, ma longe o suficiente para ser uma esticada jeitosa para os mais preguiçosos.
– De autocarro, foi a nossa opção e revelou-se óptima. Havia mais liberdade de escolha de horários do que no comboio, e foi bastante mais barato (10,80 euros por pessoa ida/volta). A central de autocarros fica próxima do centro e os autocarros são bastante confortáveis e fazem o trajecto directo em cerca de 1 hora. Tiramos os bilhetes aqui.
Fica aqui o percurso que fizemos ao longo do dia, e que permitiu passar pelos principais pontos, e atracções da cidade. read more

Read more

Planeia a tua viagem! Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo. São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada! Reservas de alojamento em Booking.com Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide Pede já o teu cartão de crédito Revolut sem custos, e fica isento de taxas e comissões em pagamentos e levantamentos de dinheiro noutras moedas Qualquer dúvida, manda-me um mail e posso ajudar no que precisares. *Esta publicação contém links afiliados