Château de Chantilly.

A pequena cidade de Chantilly fica a cerca de meia hora de comboio a norte de Paris, saindo da Gare du Nord, na região da Picardia.
E foi para lá que fomos numa das tardes que tive na zona d Paris. A Gare du Nord é um pequeno inferno na terra, gente sem fim, plataformas mil e toda uma confusão instalada, pelo que não vos sei dizer onde exactamente apanhei o comboio. Chegados lá através do metro ou do RER sigam as placas que indicam os comboios da snfr (a cp lá do sítio) e quando sentirem que finalmente chegaram à superfície perguntem a alguém, porque quem tem boca vai a Roma ou neste caso a Chantilly.
Já à chegada não tem nada o que enganar, é possível fazer a pé o percurso que vai da gare até à zona do castelo (uns 10 a 15 minutos talvez), a cidade é pequena e as indicações são boas, mas mesmo à saída da gare do lado direito existem umas paragens de autocarro de onde uma simpática navette sai regularmente para levar os turistas até ao castelo e é uma pequena gentileza da mairie já que não pagam nada por isso.

Existem bilhetes que permitem aceder apenas aos jardins e bilhetes combinados que permitem visitar também o interior do palácio (podem consultar os pormenores aqui).
Num dia de Sol simpático os jardins podem valer muito a pena pois são enormes, mas infelizmente ameaçou chover a tarde toda e portanto nós ficamos apenas pela zona mais próxima do palácio e optamos por visitar o seu interior. Gostei bastante também, a visita inclui os apartamentos reais, a biblioteca, a capela, e muitas outras salas ricamente ornamentadas e repletas de obras de arte, como podem ver pelas fotografias.

Leave a Reply