Day tour a partir de Jerusalém | Massada, Ein Gedi e Mar Morto

Pensavam que eu me tinha esquecido da última viagem de 2017, nada disso. É verdade que tenho imensos posts perdidos no túnel do tempo, mas eles eventualmente vão sair e portanto aqui está mais um. A partir de Jerusalém é possível visitar diferentes zonas de Israel e da palestina, já que a área territorial não é grande e é fácil chegar a qualquer lado na região. Como os dias estavam limitados tivemos que tomar opções e para além do dia de visita à palestina, em que estivemos em Ramallah e Belém, fomos um dia em direção a sul, ao deserto da Judeia, onde visitamos um dos locais apontados para o batismo de Jesus, fomos às ruínas da fortaleza de Masada, ao oásis de Ein Gedi, e ainda acabamos o dia a bóiar nas águas do Mar Morto. Mais um objetivo de vida cumprido.

Read more

New journey. New beginning.

Com o passar do tempo, desde que criei o blogue – corria o ano de 2011 -, que o perfil viagens foi ganhando espaço e roubando as atenções ao lado mais pessoal do blogue. Já contei aqui que criei o blogue no dia em que soube ter ganho a minha bolsa de doutoramento, mas também sei que há seguidores novos aqui no tasco (obrigada por andarem por cá!) que já cá chegaram depois de eu começar a dedicar-me mais aos roteiros e dicas de viagem e menos às palermices que me vinham diariamente à cabeça. Mas hoje foi um dia importante, e portanto não podia passar em branco aqui também, para memória futura e para lembrar aos netos, heheh…

Read more

Roteiro de 3 dias em Malta

Ainda estou na ressaca do regresso de férias, e a vontade de fazer alguma coisa é pouca ou nenhuma mas vamos lá tentar passar para o papel o que andei a fazer por Malta, na última semana. A verdade é que fui na segunda e regressei na sexta, mas os voos Porto – Malta são à segunda à noite e na sexta apesar do voo ser à tarde, aproveitei para dar mais um mergulho, curtir o sol e fazer umas comprinhas, pelo que visitas não houve. Sobram os dias do meio, três dias intensos de passeios que permitiram conhecer um pouco do que as ilhas do arquipélago têm de melhor, entre beleza natural e património.

Read more

Balanço das férias inesperadas, Malta!

Pois é, eu sei que vos abandonei um bocadinho mas foi tudo por uma (muito) boa causa. Estou verdadeiramente de férias em Malta porque não tenho nada com que me preocupar neste momento, que não seja apanhar sol, dar uns mergulhos nas maravilhosas águas do Mediterrâneo, passear um bocadinho, comer muito e… pois é mesmo só isso.

Read more

Zenith | o brunch da moda

Depois de duas tentativas frustradas de tomar o pequeno-almoço no Nicolau, o queridinho dos brunchs no Instagram de todas as influencers alfacinhas, na minha última visita a Lisboa decidimos tentar apostar noutra ideia, que a gente também gosta de lugares giros e fotografáveis, mas não consegue passar 2 horas numa fila por um post nas redes sociais. O escolhido foi o recente Zenith, que depois do Porto se mudou para a capital, e foi aposta ganha.

Read more

Balanço de (finalmente chegou o) Verão

Ah, é dia até às 21:30, o Sol chegou com tudo e (esturrica-nos durante o dia mas) permite ir para a praia ao fim de um dia de trabalho, pôr os pés de molho e ler mais umas páginas de livro. Ir para a esplanada beber uns finos e ver o Mundial de óculos de sol. Sair à noite de sandálias e voltar para casa tardíssimo, porque estas temperaturas nem sono dão. Uma pessoa sente-se de férias, mesmo a trabalhar 40h por semana.
Com toda esta canseira e afazeres (bem bons!) escrever posts que é bom fica para segunda (último?) plano. Mas vocês perdoem-me que ninguém é de ferro. Espero que este post vos encontre de saúdinha, a mim vai encontrar-me na praia. read more

Read more

Praça Vermelha | Moscovo

A Praça Vermelha de Moscovo, uma das mais famosas praças do mundo , é cartão de visita em qualquer viagem à Rússia, e basta lá chegarem pela primeira vez que em instantes vão perceber porquê. É inacreditável, imponente e lindíssima. De tudo o que visitamos na viagem foi sem dúvida o ponto alto e não foi por acaso que em apenas um dia em Moscovo, acabamos por lá ir três vezes, em horários diferentes, só para tirar mais duas centenas de fotografias, aproveitar outros ângulos e diferentes exposições solares. É absolutamente uau e de fazer cair o queixo.

Read more

Inline
Inline