Museé d’Orsay.

A última manhã em Paris foi passada no museu d’Orsay, um dos meus favoritos na cidade pela sua enorme colecção impressionista. Infelizmente não é permitido tirar fotografias na grande maioria das salas mas posso dizer-vos que podem lá encontrar autores como Monet, Sisley, Pissarro, Manet, Van Gogh, Dégas, Cézanne, Renoir, Rodin e muitos outros menos conhecidos e que já não me recordo.
Para além das obras expostas o próprio edifício vale a pena a visita, uma vez que o museu está instalado no antigo edifício da Gare d’Orsay, a grande estação de comboios construída no local para a Grande Exposição de 1900 e que foi desactivada em 1936. Várias décadas depois, em 1986, abriu finalmente ao público como galeria de arte.
Vale a pena passar meio dia por lá, conhecer as colecções permanentes e alguma exposição temporária, parar num dos vários restaurantes/cafés no seu interior ou apenas perder a cabeça na livraria do museu.

Planeia a tua viagem!

Se quiseres planear a tua viagem de forma independente, tal como eu faço, usa os links que deixo abaixo.
São parceiros de confiança, podes conseguir alguns descontos, e ajudar-me a manter o blogue. Obrigada!
- Faz as tuas reservas de alojamento em Booking.com
- Procura o melhor tour/passeio para explorar o destino pretendido em GetYourGuide
- Pede já o teu cartão Revolut sem custos, e fica isento de taxas e comissões em pagamentos e levantamentos de dinheiros noutras moedas
- Faz o teu Seguro de Viagem antes de partir, oferecemos 5% de deconto através da IATI Seguros


Qualquer dúvida, manda-me um e-mail e posso ajudar no que precisares.
*Esta publicação contém links afiliados

Leave a Reply