Os recantos perdidos de Segóvia.

Para terminar a série de posts sobre a cidade, deixo-vos com aquelas imagens onde não se vêm os ícones mas sim os pormenores de uma cidade.As cidades espanholas não costumam desiludir, e o centro histórico de Segóvia não é excepção, não fosse o seu Alcazar ou o Aqueduto e certamente valeria a pena na mesma perderem um tempinho por lá, só a explorar os recantos e a curtir o espírito da cidade, se possível numa esplanada com uns cañas e uma tapas na frente.

Read more

Segóvia #4 o Alcazar

O Alcazar de Segovia é um verdadeiro castelo de contos de fadas, situado num dos extremos do centro histórico da cidade. No cimo de um penhasco, na confluência dos rios Eresma e Clamores, este palácio do séc. XII foi residência oficial de Reis e Rainhas espanholas durante muitos anos. Era aqui que Isabel morava quando soube da morte do irmão e se proclamou Rainha de Castela.Para tirarem as melhores fotografias do Alcazar desçam pelo caminho lateral à direita do palácio, as escadinhas vão parecer assustadoras principalmente quando tiverem de subi-las de volta, mas as fotografias que vão poder tirar de lá debaixo vão valer a pena o sacrifício.

Read more

Segóvia #3 a Plaza Mayor

A Plaza Mayor da cidade de Segóvia tem uma organização bastante diferente daquela praça quadradona que associamos às Plazas Mayores espanholas como a de Madrid ou Salamanca.Destacam-se nesta praça a incrível catedral gótica, o edifício do Ayuntamiento, o Teatro Juan Bravo e ainda a Igreja de San Miguel, onde decorreu em 1547 a coroação de Isabel de Transtâmara (mais tarde conhecida como Isabel, a Católica) como Rainha de Castela.Com o seu coreto, sombra verde e várias esplanadas, este local é o centro da zona histórica da cidade e o local de todas as passagens.  

Read more

Segóvia #2 o Aqueduto

Não se sabe com exatidão quando foi construído o Aqueduto de Segóvia, mas pensa-se que esta imagem de marca da cidade, terá sido construída pelos Romanos que se encontravam na península Ibérica por volta do séc I.Foi construído para trazer para a cidade a água do Rio Frio e possui mais de 25.000 pedras encaixadas umas na outras a construir as formas em arco, é ainda hoje uma das maiores obras de engenharia do país.A zona mais alta, com cerca de 29 metros fica na Praça do Azoguejo, na entrada para o centro histórico da cidade.

Read more

Ségovia, roteiro básico no centro histórico.

O início do mês de Maio trouxe uma viagem inesperada a Segóvia, onde já não ia há uns anos e de onde tinha apenas a imagem marcante do aqueduto na memória. A cidade fica na província de Castela e Leão, a noroeste de Madrid e a cerca de 300 km de Portugal se cruzarem a fronteira de Vilar Formoso. É um óptimo destino para fazer um day trip se estiverem em Madrid, fica a cerca de 1 hora de viagem e há imensos comboios e autocarros diários a ligar as duas cidades, ou para conjugar com Salamanca e Ávila se chegarem de carro vindos de Portugal. O centro histórico medieval da cidade é super aconchegante e, apesar de poder ser visto em meio dia, vale a pena passar um dia por lá, circular nas calmas, explorar os recantos da cidade e visitar a catedral e o alcazar. A entrada para o centro histórico deve ser feita pela praça do Azoguejo já que a partir daí fica complicado e desnecessário a circulação de outro modo que não seja a pé. O roteiro que proponho começa precisamente pela praça onde o aqueduto é a presença mais marcante, continua até à Plaza Mayor onde se encontra a catedral e a igreja de San Miguel e continua até ao outro extremo da cidade, onde encontramos o Alcazar.  O Alcazar fica no cimo de uma escarpa rochosa e os jardins ao seu redor descem até à zona do rio, a subida não é para meninos, mas desçam! As fotografias que vão tirar na frente do alcazar vão valer a pena. O regresso pode ser feito por um caminho alternativo, apenas para explorar novos recantos, mas sempre passando pela Plaza Mayor, diferente do habitual em Espanha, e terminando no aqueduto, desta vez chegando até ele pela zona mais alta para ter uma nova perspectiva da praça. Deixo-vos com as fotos que vão só para abrir o apetite, virão posts mais detalhados sobre cada uma das atracções da cidade.

Read more